sexta-feira, 2 de abril de 2010

Ichigo 100%

Olá, putos!!

Venho aqui lhes apresentar mais uma review! Não postei ontem pois era primeiro de abril, e eu estava ocupado demais contando mentiras para meus amigos.

Sou uma pessoa terrível, eu sei.

Mas este post é de verdade! Para relembrar que estamos vivos!!

E vamos falar de uma das comédias românticas de maior sucesso da Weekly Shonen Jump!


SIM SIM SIM!

MIL VEZES SIM!

Ichigo 100% foi um mangá maravilhosamente escrito por Kawashita Mizuki (Lilim Kiss, Akane-chan Overdrive, Hatsukoi Limited e recentemente sua última obra a ser finalizada, Ane Doki) pela Weekly Shonen Jump, da editora Shueisha entre 2002 e 2005. Conta com 167 capítulos divididos em 19 volumes, repletos de extras e omakes. Com uma história envolvente e uma narração exemplar, virou logo um anime com 12 episódios e um extra, tirando os quatro OVAs oficiais e o OVA Jump Festa que complementaram algumas partes interessantes da história.
Este anime foi produzido pela Madhouse e dirigido por Sekita Osamu em 2005 no japão. Por ser lançado antes do mangá ser finalizado, este anime não conta com um final fixo, apenas algo bem vago que fica de base para o leitor ter vontade de ler o mangá e saber o final verdadeiro.

Uma merda de final, mas enfim...


Ichigo 100% conta a história de Manaka Junpei, um garoto normal e bobão que tem o sonho de ser um grande cineasta. Por adorar filmes e fotografias, descobre que o terraço de sua escola é palco de uma vista maravilhosa ao por do sol. Resolve ficar um dia até tarde lá, e ir correndo escondido até a parte do terraço que é proibida para os alunos com sua câmera fotográfica na mão. Ao chegar lá, uma garota cai em cima dele por acidente, e por causa da luz forte do sol (AHAM), Junpei não consegue ver direito seu rosto, mas vê apenas que a calcinha da garota tinha estampas de morango.
Ao ver que a garota da calcinha de morango largara um caderno antes de sair correndo do terraço, Junpei resolve abrir pra saber de quem é. Vê o nome "Toujou Aya", e vai ver quem é.

Dá de cara com uma nerdzinha feinha, com trancinhas descuidadas, óculos gigantes e um testão. E dentro do seu caderno, uma história maravilhosamente bem escrita estava sendo criada. Junpei ficou maravilhado pela história e virou amiguinho da garota.

"Mas a garota do terraço parecia tão linda", pensa Junpei. Ao pedir então conselhos para seus amigos Ookusa e Komiyama, os dois chegam na conclusão de que "deve ser um engano, essa garota deve ser a popular da escola, que todos dizem ser a mais bonita: Nishino Tsukasa".

E no meio da discussão, Manaka acaba por receber um desafio: "Declare-se para Nishino Tsukasa, eu duvido!"

Como o garoto gosta de desafios - e não tinha de fato nada a perder, resolve se declarar pra ela. Porém, antes foi pedir algum conselho para Toujou sobre "como uma garota gostaria de receber uma declaração". Toujou diz que não sabe, mas segundo as personagens dos livros que costumava ler, garotas gostam de homens valentes, mais esportivos, e algo do tipo.

Babaka Junpei resolve se declarar enquanto faz barra no ginásio do colégio.

E ainda por cima, Nishino aceita.

Porém, com o desenrolar, mesmo com uma namorada bonita, Junpei percebe que se Aya tirar os óculos, desfazer as tranças e deixar a franja cair no rosto, vira a garota mais linda do colégio.

De fato, Toujou Aya era a garota de calcinhas de morango pela qual Manaka Junpei havia se apaixonado a primeira vista.

Mas agora ele namora Nishino Tsukasa.

WHAT TO DO!?


Além de Tsukasa e Aya, o elenco de Ichigo 100% começa a aumentar cada vez mais com garotas e mais garotas. Tirando a saída do personagem Ookusa depois da formatura do ensino fundamental e então entrando Sotomura Hiroshi e mais tarde o rival Amachi, o resto dos personagens que entraram são só garotas. E a maioria delas se apaixonando por Junpei.

Kitaouji Satsuki, Minamito Yui, Sotomura Misuzu, Hashimoto Chinami, Kozue Mukai, entre outras garotas, vão aparecendo e fazendo da história cada vez mais harem e ecchi.

Com isso, Kawashita Mizuki foi criando arcos e sagas com Junpei fazendo filmes no clube de cinema do colegial ao lado das beldades, viagens de classe, encontros e desencontros, enfim: tudo o que um mangá ecchi e harem tem direito.


A animação de Ichigo 100% foi tosca. Foi um anime bobo que não chegou nem na metade da história original.

O pouco que foi contado do mangá em anime até que foi bem contado.

Mas foi tão pouco, mas TÃO pouco, que ficou chato.

A animação foi podrezinha e mal feitinha, e os personagens não ficaram muito parecidos, sofrendo do mesmo problema de Love Hina em que o design das garotas ficou mais feio.

Ainda assim, consegue divertir o espectador. Por não contar um final, tanto faz ver antes ou depois do mangá.

O problema é que se ver depois, vai se decepcionar com a história pouco-contada.


A trilha sonora de Ichigo 100% não foi bacana. A abertura era chata e o encerramento também.

Agora as músicas de dentro da série foram WIN total. Os corinhos de "Cha la la lala, awa", os "Oh Yeah" e outros efeitinhos e musiquinhas foram muito bons e bem escolhidos.

Outro ponto forte do anime é que a dublagem foi maravilhosamente bem bolada.

Não tenho NADA a reclamar da dublagem.

Porra, os berros de Suzumura Kenichi na voz de Manaka Junpei foram hilários.

E as garotas... Ahh, as garotas... *-*

Toujou Aya foi dublada por ninguém menos que Noto Mamiko, a dubladora mais fofa da história (voz também de Hecate em Shakugan no Shana, Rinko em Ueki no Housoku, Yuka em Elfen Lied, Tsukamoto Yakumo em School Rumble, entre outros). Encaixou tão bem, mas TÃO BEM, que quando eu fui ler o mangá depois do anime eu lia as falas da Toujou tentando imita-la. WIN.

Nishino Tsukasa teve sua personalidade levemente mesquinha e ao mesmo tempo dedicada muito bem interpretada por Toyoguchi Megumi (Yumi em Chobits). Ficou um pouco anasalada e irritante, mas tudo bem, eu não gosto dela mesmo.

Kobayashi Sanae (Lucy em Elfen Lied) dublou Kitaouji Satsuki da melhor maneira possível. Assim como a Toujou, eu não consigo imaginar outra voz pra ela! É impossível! Ficou perfeito! Eu adoro a voz da Kobayashi Sanae, e acho que vocês vão gostar também!

Mas eu SEMPRE vou puxar sardinha pra Minamito Yui nesse anime: afinal de contas, ela foi dublada pela MIZUKI NANA! LOL, MIZUKI NANA, CARA!

É DEMAIS!! *morre do coração*


Uma coisa que não gostei em Ichigo 100% foi da evolução. Diferente de Tengen Toppa Gurren Lagann por exemplo, em que o protagonista começa embaixo da terra e termina no espaço, ou em Ueki no Housoku em que o garoto começa como um pivete com um poderzinho fraco de transformar lixo em árvore e acaba descobrindo que é filho de seres celestiais e tem poderes supremos vindos direto do mundo dos céus, Ichigo 100% fica na mesmície a série inteira. É tudo uma questão de vai e vem (ui), reviravoltas, escolhas certas e erradas, encontros e desencontros e nada de uma evolução de fato.

Faltou isso pra gente se enturmar ainda mais com os personagens, sério.


Depois do fim do anime, veio o fim do mangá, o que resultou em um grande sucesso de vendas de Tankobons e mais tarde a criação de quatro OVAs para contar arcos interessantes do mangá.

Ainda não deu um final pra história... Mas foi melhor que o anime, a animação foi um pouquinho mais bem feita e foi mais fiel à história original.

Com o sucesso garantido nas bancas, Ichigo 100% acabou virando um dos poucos mangás shonen de comédia romântica a ter jogos de videogame e ainda por cima uma participação de seus personagens do game para DS Jump Super Stars e Jump Ultimate Super Stars. Enquanto esse game contava com os narutos e bleaches da vida pra dar porrada, Ichigo 100% encaixou Aya, Tsukasa, Satsuki e Yui como personagens de suporte e quebrou todo o climinha chato que esses mainstreams de doze anos de idade tavam dando.

WIN de novo.

E pra finalizar os extras, veio Ichigo 100% OVA: Jump Festa, que se trata de um OVA spin Off que conta o arco em que eles gravam o filme do clube de cinema do segundo ano. Com direção mudada e uns tratos bem mais qualificados, a animação ganhou vários pontos, ficou mais engraçado e envolveu o espectador. Foi um ótimo OVA, pena que o anime inteiro não foi assim.


Minha nota para o mangá de Ichigo 100% por Kawashita Mizuki é 9, e eu só não dou 10 por que o final foi ridículo. Se você não liga pra spoilers ou já viu este anime e leu o mangá, leia e discuta comigo no post que fiz agora há pouco sobre o Final de Ichigo 100%.

O anime por ter sido feito nas coxas não merece mais do que 6,5, embora seus OVAs tenham compensado um pouquinho. Mas isso não é desculpa, a série ficou ruim e isso não tem como mudar.

Ainda assim, se você é um bom apreciador de comédias harém e ecchi, eu aconselho o mangá e o anime, sim. Como o anime ruim é curto e o mangá bom é longo, não vai fazer você perder muito tempo com o que vale a pena.

Portanto vá em frente.

Mas eu garanto: o final decepciona...

T-T

\o

__________________________________________________________________

Você pode baixar ICHIGO 100% Aqui | Aqui | Aqui | Aqui

8 comentários:

  1. Taí um anime que eu nunca vi e nem pretendo - acho o charadesign dessa série HORRÍVEL!

    Por outro lado, o mangá parece interessante. Mas é tanta coisa que desanima XD! Mas quem sabe... Talvez eu veja esses OVAs, já que são mais legais.

    ResponderExcluir
  2. IKE IKE, amor!
    Se não fosse Ichigo 100% vc não teria usado saia no AF!

    \o/

    Eu gosto da desenhista e dos personagens.
    Eu não gosto do que ela faz com eles.
    E, por fim, eu ODEIO a Nishino...

    U___U

    ResponderExcluir
  3. eu concordo 110% o manga foi muito bom com exceção do final eu ate gostaria de saber o que levou o autor a fazer aquele final doido alem do mais com o desenrolar da historia os personagens vão mudando como anishi que no começo so brigava com o manaka e depois mudada agua para o vinho
    MAS QUE MERDA DE FINAL DROGAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Boom...sooó okeeê teeneho a diizer eh q a autora podiiaah ter mudado akele fiinal, passar diiaas seguiidos leendo o mangá, ii veer q o manaka fiicaah cm a nishino é uma descepção total....o manaka cm suaas duvidas mas seempre pensava "se a toujo se declarar, naum vou ter duvidas de quem escolher" tava na cara q ele amava ela, ii sooó tiinha "uma paixãozinha" pelas outras!

    Se ele gostava mesmo da nishino no começo ele naaum deviia ter termiinado cm ela, assiim naaum iludiia a Aya....ele neem deshaav q elaah ficasse cm o Amachi, ii olha q ele siim gostava da toujo de verdade....pelo meenos ele devia ter tido a consideração de ter deshado ela fiikaar cm o Amachi desde o começo...palavras de algm q amou d+ a histoórias maas fiikou siimplismente triiste pelo fiinal :(

    Desabafei....

    ResponderExcluir
  5. amo a nishino bom final

    ResponderExcluir
  6. Também esperava e muito que o manaka ficasse com a toujo, também torcia pela satsuki, mas cara, quaquer mulher que fizer uma barra daquele jeito por mim mereçe minha devoção completa.

    ResponderExcluir
  7. amei o final,achei que o jupei ia ficar com a toujou,que bom que ele fikou com a nishino,eu tava torceno por isso

    ResponderExcluir